O Que é e Como Funciona a Criação de Vermes Californianos?

É um prazer dar-vos as boas-vindas ao meu novo post. Neste artigo, vamos dar uma vista de olhos mais atenta… O Que é e Como Funciona a Criação de Vermes Californianos?

A vermicultura traz grandes benefícios para a agricultura, produzindo adubo orgânico biossustentável para tratar os solos, e otimizar a produção agrícola, dobrando também a qualidade dos produtos, por isso mostraremos a você como funciona a criação de minhocas californianas, e suas contribuições para diferentes campos.

O que é o verme vermelho californiano?

O verme vermelho corresponde ao grupo dos invertebrados, anelídeos, e tem sua origem na Califórnia, porém, após suas capacidades foi exportado para todo o mundo para ser explorado e utilizado de diversas formas.

Este anelídeo é formado por uma série de anéis, não tem olhos, mas se comunica através de uma série de células distribuídas por seu corpo, o que o torna intolerável ao sol, à luz ultravioleta e à água direta.

Alimenta-se de qualquer resíduo orgânico, e para viver normalmente cava, consumindo terra. Eles medem aproximadamente 12 a 20 cm. Eles sobrevivem em uma temperatura mínima de 7° e máxima de 40°. Eles são hermafroditas incompletos, pois precisam de outro anelídeo para se reproduzir. Eles acasalam a cada 7 dias e um verme pode produzir 1.200 vermes por ano.

Tipos de criação de vermes vermelhos

Para entender um pouco mais como funciona a criação de vermes californianos, é importante levar em conta que existem dois tipos muito importantes de exploração dessa espécie, já que produtos muito lucrativos são derivados de sua criação, são eles:

O Que é e Como Funciona a Criação de Vermes Californianos?
  • Criação ou exploração produtiva, em larga escala para obtenção de carne e húmus para sua comercialização.
  • A criação ou exploração orgânica, visa transformar resíduos industriais residuais, reduzindo a qualidade da criação.
Pode estar interessado em:  O Que é e Como Funciona o Seguro de Propriedade Imobiliária?

O aproveitamento mais utilizado é o produtivo, já que o ecológico, por sua ação residual, pode ter em seus produtos resíduos tóxicos que inviabilizam o consumo, e diminuem a qualidade da nutrição.

Como funciona a criação de vermes californianos?

É fundamental levar em conta antes de saber como funciona a criação de minhocas californianas, que estes anelídeos devem ser alimentados com compostos orgânicos da mais alta qualidade, normalmente com esterco de animais herbívoros como: coelhos, cavalos, vacas, entre outros. Isso será decisivo para o sucesso da operação.

Para começar com o incubatório de verme vermelho, você deve ter um pedaço de terra, que dependerá da população que você deseja multiplicar; portanto, se for algo caseiro, uma gaveta será suficiente, mas se for em grande quantidade, pode ser um grande terreno plano exposto ao ar livre.

Antes de incorporar as minhocas ao solo, deve-se fazer testes em sua alimentação, quanto à sua acidez, pois são altamente susceptíveis, bem como se mantém a hidratação correta.

Uma vez asseguradas as condições do terreno e da alimentação, as minhocas podem ser adicionadas ao seu habitat, adicionando o substrato alimentar como uma camada por cima, com espessura de 10cm, adicionando a cada 30 dias, ou quando se observa vermes vindo à superfície em busca de comida.

Produtos derivados da criação de vermes californianos

Após a multiplicação das espécies após a exploração, pode-se obter carne para consumo humano e animal, com teores proteicos e nutricionais extraordinários, acima da carne bovina, ou outras. Além do húmus como fertilizante do solo.

O produto mais comercializado é o húmus de minhoca, pois traz muitos benefícios para os solos onde está disponível. Por isso, é tão importante saber como funciona a criação de minhocas californianas, e assim encontrar na natureza os recursos para produzir de forma sustentável.

Pode estar interessado em:  O Que é e Como Funciona o Abandono Emocional?

Se foi do seu interesse saber como funciona a criação de vermes californianos, você também pode visitar:

Não perca o vídeo seguinte!