O Que é e Como Funciona a Paleontologia Na Bíblia?

Olá amigos! Bem-vindos ao meu mais recente post. O artigo que hoje vos apresentamos dá uma olhada de perto… O Que é e Como Funciona a Paleontologia Na Bíblia?

A paleontologia tem sido uma das ferramentas mais eficazes para mostrar a sólida argumentação científica dos eventos narrados na Bíblia. Desde o ser humano e sua criação, até as construções e acontecimentos ocorridos nos tempos descritos ao longo da Bíblia. Vamos ver como funciona a paleontologia na bíbliaconhecendo as descobertas que o suportam.

Princípios da paleontologia na Bíblia

A criação

A Bíblia nos conta todo o processo pelo qual Deus criou o mundo e tudo que nele viveu e vive. Muitas teorias afirmam que as espécies evoluíram do essencial para o complexo ao longo do tempo, argumento que a Bíblia nega e com explicações claras.

Apesar do fato de que o tempo mostra um avanço óbvio, isso não significa que as espécies de antes sejam muito diferentes da época de acordo com os fósseis humanos encontrados. Portanto, mostra-se a necessidade de um Criador para fazer a complexa obra que é o ser humano.

Diversidade

Deus criou uma grande variedade de plantas, animais e vegetação em sua totalidade, assim nos conta a Bíblia em seu primeiro livro Gênesis, o começo do mundo. Os registos fósseis mostram a sustentabilidade deste facto, pela diversidade e características particulares que apresentam de acordo com cada espécie.

Ecossistema

Outro princípio muito importante que a paleontologia nos conta sobre a Bíblia é a criação de um conjunto de elementos que conhecemos hoje como um ecossistema. Uma interação constante entre humanos, animais, vegetação e o habitat em todo o seu esplendor.

O Que é e Como Funciona a Paleontologia Na Bíblia?

Através de descobertas fósseis podemos demonstrar a existência de diversidade entre espécies de todos os tipos. Temos animais terrestres, aquáticos e aéreos, e não vemos apenas variedade nos animais. Também podemos vê-lo nas plantas e na vegetação, pois cada um possui características e características diferentes que permitem sua identificação.

Pode estar interessado em:  O Que é e Como Funciona o Mito da Caverna?

A paleontologia dos dinossauros na Bíblia

Agora, vamos nos aprofundar em um dos estudos paleontológicos mais conhecidos: o dos dinossauros, sua vida e extinção. O primeiro aspecto que a Bíblia nos mostra sobre eles é o tempo que separa o nosso tempo do deles. Bem, isso nos diz que nos 6 dias da criação, o mundo e tudo o que ele contém foram feitos e não há milhões de anos, mas milhares.

Isso inclui os dinossauros, que não foram criados antes ou depois, mas durante todo o processo de criação naquela semana. Sua coexistência era em conjunto com os seres humanos e outras espécies animais, sem que o tempo os separasse de forma alguma. Quanto à sua extinção, dá-nos um argumento bastante claro e que faz todo o sentido se avaliarmos cada uma das razões que alega para explicar a extinção dos dinossauros.

Aproximadamente em 2348 aC aconteceu o dilúvio, a história de Noé e a arca onde casais de cada espécie de animais se abrigaram durante esse evento no mundo. Os dinossauros faziam parte do grupo de animais que embarcaram para sobreviver durante o dilúvio.

Há cerca de 4.300 anos, após o dilúvio, todas as espécies se encarregaram de povoar a terra novamente, embora o mundo estivesse passando por mudanças drásticas depois do ocorrido. As mudanças no clima, na vegetação e as consequências das atividades humanas causaram o desaparecimento de várias espécies, inclusive dos dinossauros.

Desta forma e com muitas outras comprovações através de estudos feitos em fósseis, a Bíblia mostra que possui sólidos argumentos científicos para provar a validade de cada uma das histórias que conta. Saber como funciona a paleontologia na Bíblia é um tema com muito material para aprender e analisar, o que pode nos levar a tirar conclusões importantes sobre o mundo e a vida sobre ele.

Pode estar interessado em:  O Que é e Como o Aton Funciona?

Temos outros artigos interessantes para você:

Não perca o próximo episódio!: Paleontologia que é paleontologia