O Que é e Como Funciona um Pneu Radial?

Olá a todos! Hoje trago-vos um novo tópico no meu blogue. No artigo de hoje, vamos dar uma vista de olhos mais atenta… O Que é e Como Funciona um Pneu Radial?

Ter um veículo, sem dúvidas, é uma grande responsabilidade. Você tem que estar ciente de muitas coisas. Como mantê-lo limpo e verificar se tudo está em ordem. Uma das peças que mais geram preocupação são os pneus. Por isso, queremos falar um pouco mais sobre um determinado tipo de pneu: os radiais. Aqui, neste artigo, explicamos sobre como funciona um pneu radialele.

Pneus e sua constituição

Os pneus são a parte do veículo que permite que ele se mova. Já que são eles que entram em contato com o solo. Seguindo essa linha, os pneus são formados por diversas partes. Como, por exemplo, a câmara de ar que é preenchida para que o pneu mantenha sua forma. Ou o aro onde a borracha é mantida.

Agora, o que poucos sabem é que os pneus são reforçados com faixas de cabos de aço. O conjunto dessas bandas é conhecido pelo nome de invólucro. Sua função é reforçar a estrutura do pneu. Se eles não estivessem lá, eles seriam muito fracos e perderiam sua forma rapidamente. Saber disso é importante para entender como funciona um pneu radial.

Dado que, esses cabos de aço podem ser colocados de diferentes maneiras no pneu. O que dá origem a diferentes tipos de pneus. Dessa forma, pneus mais tradicionais tinham cabos colocados em ângulos de +60 e -60 graus. Com o objetivo de fazer com que se cruzem e criem uma estrutura mais rígida. No entanto, este projeto teve alguns problemas importantes.

Pode estar interessado em:  O Que é e Como Funciona o Protocorgi?

Como funciona um pneu radial?

O Que é e Como Funciona um Pneu Radial?

Continuando com o anterior, nos pneus radiais os cabos não se cruzam. Em vez disso, eles são colocados a 90 graus do rotador. O que significa que eles são colocados de ponta a ponta do pneu. Assim, a vantagem desse projeto é que os cabos não roçam uns nos outros. Assim, o atrito de rolamento é consideravelmente reduzido neste tipo de pneu.

Isso é relevante para entender como um pneu radial funciona, pois oferece outra vantagem. E é que consomem menos combustível que os pneus comuns. A primeira patente que existe para esses veículos data de 1915 por Arthur W. Savage. Que era um fabricante de pneus americano. Em 1949, as patentes de Arthur Savage expiraram.

Mais tarde, o design foi aprimorado pela empresa de pneus Michelin. Eles primeiro desenvolveram uma versão conhecida como Modelo X. Mais tarde, eles fabricaram pneus radiais para caminhões. Por outro lado, os pneus radiais têm um desvio vertical maior. Isso permite que eles sejam mais resistentes a perfurações. Prolongando assim sua vida útil.

Outros dados

Os pneus radiais têm a capacidade de minimizar a distorção do piso. Isso permite uma melhor tração ao dirigir em terrenos acidentados. Somado a isso, graças a essas vantagens, hoje os pneus radiais são o padrão na indústria automotiva.

Por fim, trata-se de como funciona um pneu radial. Se você achou interessante, convidamos você a ler estes artigos:

Não perca o vídeo seguinte!: Pneu radial x pneu diagonal