O Que é e Como Funciona a Rifampicina?

É uma honra dar-vos as boas-vindas ao meu novo artigo. Neste artigo, vamos dar uma vista de olhos mais atenta… O Que é e Como Funciona a Rifampicina?

As infecções bacterianas afetam o homem desde tempos imemoriais, por isso a ciência tem se dedicado a usar o conhecimento e os recursos humanos para tentar controlar microrganismos e bactérias, que podem afetar fatalmente o homem, por isso queremos mostrar a você neste caso como funciona a rifampicina

O que é rifampicina?

Antes de saber especificamente como funciona a rifampicina, é importante mencionar que se trata de um antibiótico de amplo espectro de ação, que intervém na vida das bactérias, ou seja, esse antibacteriano cumpre a função de impedir que os microorganismos causadores de infecções se espalhem. continue a se desenvolver removendo proteínas vitais do seu sistema.

Este antibiótico exerce a sua ação contra algumas microbactérias de origem Gram-negativa, e outras Gram-positivas, e o seu efeito mais potente sem resistência é conseguido em combinação com outras substâncias medicinais.

Para que serve a rifampicina?

Como passo prévio antes de saber como funciona a rifampicina, é fundamental saber que este antibiótico É medicamente recomendado para combater principalmente as doenças da tuberculose e da lepra.

Da mesma forma, seu mecanismo de ação pode atacar e eliminar a Neisseria meningitidis, uma bactéria tão letal que pode se transformar em meningite, doença final para a qual esse medicamento é contraindicado.

O Que é e Como Funciona a Rifampicina?

Também pode atuar em infecções que afetam o trato nasofaríngeo, evitando o contágio para outras pessoas. Normalmente este antimicrobiano deve ser usado em conjunto com outras drogas para eliminar a resistência bacteriana. Em outras ocasiões, a rifampicina é frequentemente usada em tratamentos associados a bactérias como: Legionella pneumophila, Haemophilus influenzae, Neisseria gorrhoae e Listeria.

Pode estar interessado em:  O Que é e Como Funciona a Micropaleontologia?

Como funciona a rifampicina?

Para descrever como a rifampicina funciona especificamente, deve-se mencionar que principalmente este antibiótico influencia as bactérias inibindo sua formação e desenvolvimento, por exemplo naqueles que pertencem aos grupos Gram-positivos e Gram-negativos, como Escherichia coli, Proteus, Pseudomonas, Staphylococcus aureus ou estafilococos, entre outros.

Como mencionado anteriormente, este antibiótico funciona de forma mais eficiente na companhia de outras substâncias médicas, como quimioterápicos para tratar a tuberculose, pois em doses únicas, a resistência ao antibiótico é rapidamente gerada.

O seu mecanismo de ação consiste na desativação do crescimento bacteriano e consequente proliferação, impedindo a passagem das proteínas necessárias à sua sobrevivência, parando assim a sua multiplicação, evitando assim o aumento da infeção no organismo.

Este antibiótico é eficientemente absorvido pela mucosa intestinal, sem interferência nutricional, razão pela qual é mais sugerido para ser ingerido com o estômago vazio, seja em cápsulas ou em preparações medicamentosas líquidas.

O processo de absorção consiste em sua passagem pelas proteínas plasmáticas, sendo disseminada nos tecidos e fluidos corporais, incluindo também o líquido cefalorraquidiano, atravessando também, no caso da gravidez, a barreira placentária. Sua metabolização ocorre no fígado, sendo eliminada na bile, e posteriormente é excretada na urina, ou leite materno.

Contra-indicações e efeitos adversos

A rifampicina é contra-indicada em pessoas com insuficiência renal e hepática, bem como hipersensibilidade às rifamicinas, assim como em condições de alcoolismo, gravidez ou lactação.

Também é importante saber como funciona a rifampicina de acordo com seus efeitos adversos que podem ser dor de estômago, diarreia ou coloração avermelhada da urina ou de outros fluidos.

Se foi interessante, não deixe de ler também:

Não deixe de assistir o vídeo a seguir!: Rifampicina para rifampicina e como é tomada e mais