O Que é e Como Funciona o Enoturismo?

É uma honra dar-vos as boas-vindas ao meu novo artigo. No artigo de hoje, vamos dar uma vista de olhos detalhada… O Que é e Como Funciona o Enoturismo?

O vinho é uma bebida alcoólica obtida pela fermentação do suco de uvas maduras. Para os amantes do vinho e das viagens, será muito agradável e útil conhecer como funciona o enoturismo. É fato que existem milhares de formas de fazer turismo, mas já pensou em conhecer outra cultura através de uma bebida? Continue lendo e você saberá que é possível.

turismo gastronômico

O turismo se tornou uma das indústrias mais importantes do mundo devido ao fato de milhões de pessoas quererem conhecer novas culturas. Esta atividade tem evoluído ao longo do tempo e uma amostra disso são os tipos de turismo que existem: turismo negro, ecoturismo, turismo rural, entre outros. Hoje vamos nos dedicar a explicar um específico que vem do turismo gastronômico: como funciona o enoturismo.

O turismo gastronômico é a atividade turística que se concentra na gastronomia do país visitado.. Os seus principais percursos são dedicados à descoberta da cultura gastronómica de uma ou várias zonas do país. As pessoas que fazem esse tipo de turismo frequentam bares, restaurantes e mercados; Eles também degustam vários pratos, doces e bebidas. E ao mesmo tempo se interessam em conhecer sua produção.

Enoturismo ou Enoturismo

No entanto, o enoturismo é aquela atividade relacionada com o turismo gastronómico mas que está relacionada apenas com o setor vitivinícola. Embora tenha como foco principal o vinho, não deixa de lado o principal objetivo do turismo: a cultura; Ele também se conecta muito com a natureza. Centra-se na promoção e gestão da vinificação numa área específica através de provas de vinhos e visitas a adegas e vinhas.

O Que é e Como Funciona o Enoturismo?
Pode estar interessado em:  O Que é e Como Funciona a Nota Fiscal Eletrônica?

Os países com roteiros de enoturismo mais desenvolvidos são Itália, Espanha, Chile, Argentina, Portugal, Austrália, México e Estados Unidos. Na Itália você pode visitar a província de Treviso; os vales da Califórnia nos Estados Unidos; Porto em Portugal. As rotas chilenas estão localizadas no vale do Limarí e as da Argentina nas províncias de Mendoza, Salta e San Juan.

Não importa quando são visitadas, pois as vinícolas podem ser utilizadas em qualquer estação do ano. No entanto, no verão e no outono você pode desfrutar de rotas mais bonitas, pois é a melhor época para colher uvas.

Como funciona o enoturismo?

Além da degustação de vinhos, os turistas têm a oportunidade de conhecer a história do vinho. Para além da elaboração de todo o tipo de vinhos (desde a vindima ao seu engarrafamento), conheça as adegas e vinhas. Algumas atividades incluem degustações, harmonizações, workshops ou cursos, cavalgadas, visitas artísticas, etc.

Assim como podem receber vinoterapia (massagens com vinho), roteiros de tapas pelos centros históricos, atividades como pisa da uva, festas, entre outras.

Esta forma de fazer turismo é nova, foi no início dos anos 2000 que começou a ser conhecida. Atualmente é um turismo com potencial, por isso as agências de turismo e marketing estão aproveitando e crescendo.

Agora que já sabe como funciona o enoturismo, pode começar a incluir este tipo de experiência nas suas viagens, seja em família, com amigos ou sozinho. Você não precisa necessariamente ser um amante de vinhos, basta querer conhecer uma cultura de uma forma diferente.

Pode lhe interessar:

Não deixe de ver o vídeo que vem a seguir!