O Que é e Como Funcionam os Benefícios Fiscais?

Bem-vindos de volta ao meu blogue! Hoje trago-vos um novo tópico interessante. Neste artigo, vamos dar uma vista de olhos mais atenta… O Que é e Como Funcionam os Benefícios Fiscais?

Na maioria dos países existem impostos que são estabelecidos pela entidade correspondente (Administração Pública), destinados a cobrir os requisitos sociais. Esses impostos compõem o sistema tributário. Neste artigo vamos explicar como funcionam os benefícios fiscais

O sistema tributário

O sistema de arrecadação de um país é o que se chama de sistema tributário, abrange todos os impostos estabelecidos pela Administração Pública. Essas receitas são utilizadas para sustentar os gastos públicos, ou seja, para cobrir as demandas da sociedade. Os responsáveis ​​por esse sistema estabelecem, administram e arrecadam tanto os derivados do comércio exterior e direitos internos quanto os impostos.

Há casos em que a Administração Pública recebe menos tributos do contribuinte, em decorrência dos mecanismos de redução da carga tributária. São eles: forma jurídica da empresa, despesas dedutíveis, contratação de trabalhadores e benefícios e isenções fiscais.

Como funcionam os benefícios fiscais?

Um dos instrumentos instituídos pelo sistema tributário para reduzir a carga tributária dos contribuintes são os benefícios fiscais. Cobrem qualquer tipo de economia nas contribuições fiscais correspondentes aos rendimentos, seja por redução de impostos, bônus, dedução ou isenção. Cada um deles é estipulado nas leis

Basicamente são melhorias no patrimônio de uma empresa ou pessoa física graças à redução do pagamento de impostos. São prémios atribuídos a quem desenvolve práticas consideradas saudáveis, normalmente ligadas ao cumprimento de atividades ambientais, laborais ou sociais. A Administração Pública através desta ação procura desenvolver e promover determinadas práticas no mercado.

O Que é e Como Funcionam os Benefícios Fiscais?
Pode estar interessado em:  O Que é e Como Funciona o Chá de Camomila?

Benefícios fiscais: tipos

De acordo com a atividade e a origem do funcionamento dos benefícios fiscais, podemos classificá-los em vários tipos:

  • Dedução: consiste na redução da matéria colectável sobre a qual o imposto é calculado em consequência do cumprimento de determinadas disposições estabelecidas.
  • Redução: é a diminuição dos rendimentos e rendimentos sujeitos a impostos, que é reduzido diretamente do valor total.
  • Bônus: refere-se a qualquer redução no valor a ser pago por um imposto.
  • Isenção: são as quotas isentas de tributação em consequência da sua natureza ambiental ou social. Ou ainda pelo cumprimento de normativas que assim o prevejam.
  • Subsídios: alguns são considerados benefícios fiscais, se forem reembolsáveis, e não reembolsáveis.

Formas de reduzir a carga tributária

No caso de empregados e empresários, medicamentos, doações, despesas médicas, seguros, empregados domésticos, juros de hipoteca, despesas de funeral, etc. estão sujeitos a benefícios fiscais. Se é empresário, profissional ou se dedica a alguma ocupação, pode fazê-lo através de vestuário, despesas bancárias, despesas com automóveis, apólices de seguros, entre outros.

Por outro lado, se pretende obter benefícios fiscais, é importante que tenha toda a documentação das suas operações e se estas forem de grandes montantes, o melhor é utilizar cartão de crédito, transferência bancária ou cheque.

Agora já sabe como funcionam os benefícios fiscais e como os pode obter e lembra-se da importância de cumprir as normas do sistema fiscal.

Não perca o vídeo que vem a seguir!

Deixe um comentário