O Que é e Como Funcionam os Esboços?

Bom dia/tarde/noite! Espero que estejam prontos para ler o meu novo artigo. O artigo de hoje centra-se em dar uma vista de olhos mais atenta… O Que é e Como Funcionam os Esboços?

Na hora de realizar qualquer projeto gráfico, é importante que o profissional comece colocando suas ideias no papel. Dessa forma você pode demonstrar que a obra é exclusiva e de sua autoria, porém, há quem pule essa etapa. continue lendo e aprenda como funcionam os esboços

Design gráfico e esboços

O trabalho de um designer gráfico está sempre orientado para a procura de soluções relacionadas com a comunicação visual. Portanto, envolve métodos de análise e síntese, que estão relacionados, inclusive, a inúmeras tomadas de decisão. Estes afetam diretamente a aparência e o desempenho do produto final.

No processo de design várias fases são diferenciadas e todas envolvem o uso de ferramentas visuais úteis que facilitam a definição de conceitos e a seleção de protótipos. A principal ferramenta é o sketching, que consiste em fazer desenhos não só para reproduzir as ideias, mas também para especificar a forma.

Como funcionam os esboços?

Os designers gráficos devem entender como é importante não ignorar o processo de esboço.. Uma das causas é porque ao não fazer esboços não conseguem demonstrar a sua experiência. Levando o cliente a pensar que o design é fruto de algum tipo de software e não de sua capacidade criativa. Os esboços permitem apreciar qual será a proposta final de um projeto após várias repetições.

Um esboço é um desenho, projeto ou esquema à mão livre (lápis e borracha) com o qual uma ideia é capturada. É basicamente uma aproximação livre e pouco detalhada com a qual tenta representar modestamente várias soluções anteriores a um projeto. Normalmente essas representações são repletas de setas de movimento, símbolos, linhas e anotações manuscritas que só o artista entende.

O Que é e Como Funcionam os Esboços?
Pode estar interessado em:  O Que é e Como Funciona a Contabilidade?

Esboços: características gerais

O funcionamento de um esboço atende a três objetivos principais: analisar os principais pontos do projeto; destacar possíveis erros de planejamento. Antecipar também as dificuldades da execução de um trabalho futuro.

Quanto às suas características, podemos dizer que são feitos à mão livre, na maioria das vezes com tinta ou lápis. Não requerem o uso de ferramentas auxiliares, são rápidos, não requerem cálculos, os contornos não são delimitados, suas características são esquemáticas. A borracha não é usada para as correções, as linhas são feitas sobre linhas.

Classificação dos esboços

  • Desenho espontâneo: são esboços feitos em segundos e costuma-se fazer dezenas em um curto espaço de tempo.
  • Mini-sketch: são miniaturas com poucos detalhes que permitem abordar várias opções rapidamente.
  • Esboço abrangente: inclui um pouco mais de detalhes e informações sobre a distribuição espacial dos componentes do projeto.
  • Áspero: Eles são uma representação geral do que você deseja fazer com traços e linhas simples que definem as qualidades básicas de um design.

Se você é novo na área de design, seria excelente se você entendesse como funcionam os croquis, utilizá-los irá gerar inúmeras vantagens.

Não deixe de ver o vídeo que vem a seguir!

Deixe um comentário