O Que é e Como Funciona um Endosso?

Olá amigos! Bem-vindos ao meu último post. O artigo de hoje dá uma vista de olhos… O Que é e Como Funciona um Endosso?

Quando falamos de benefícios, seguros e hipotecas, devemos saber como funciona uma garantia e sua importância como garantia na compra ou aquisição de um bem, sendo esta uma obrigação econômica.

O que é um endosso?

Uma garantia é definida como uma garantia, seja em dinheiro ou com bens, funcionando como um seguro, ou seja, você a tem e ela só lhe serve se ocorrer um imprevisto e é nesse momento que a garantia é solicitada. A RAE também a define como “a obrigação que alguém adquire de fazer o que outra pessoa se comprometeu em caso de incumprimento” e aquela que podemos complementar que esteja escrita num contrato legal.

Este é definido como um pagamento de garantia, onde o fiador é aquele que faz o pagamento, caso o devedor não o faça. Essa é uma forma de garantia em que o credor tem certeza na hora de emprestar dinheiro porque sabe que vai devolver o dinheiro. A garantia é legal, feita por juiz, regulamentada por banco, desinteressadamente ou por contrato particular. Tanto o devedor quanto o fiador são garantidos pela segurança do credor.

Como funciona um endosso?

As seguintes informações devem ser verificadas na garantia; Primeiro, a identificação do fiador e do devedor. Além disso, a obrigação garantida, o tempo de duração. Além disso, os requisitos que permitem ao beneficiário executar a referida carta de fiança. Se for proveniente de entidades, deve conter despesas e comissões para o endosso.

O Que é e Como Funciona um Endosso?

A garantia permite ao fiador não poder reclamar qualquer dívida sem antes ter esgotado os bens oferecidos pelo devedor principal, apenas no caso de renúncia do fiador ao benefício, de falência do devedor, etc. O fiador obtém benefícios ao pagar o valor integral, como, por exemplo, cancelar a garantia após notificar a parte legal, que geralmente é o devedor.

Pode estar interessado em:  O Que é e Como Funcionam As Fácies?

Tipos de garantias

Existem diferentes classificações de endossos, mas os mais procurados ou conhecidos são o próprio endosso e o endosso como produto.

A garantia como produto é destinada pelos bancos ou qualquer outra entidade financeira onde a empresa aceita dar dinheiro em comissões pelas quais um terceiro recebe uma garantia para contratar o empréstimo. Se falamos de garantia propriamente dita, é quando as instituições financeiras obrigam a conceder algum tipo de crédito no caso de responder a dita empresa pelos direitos adquiridos pelo beneficiário.

Existem também outros tipos de garantias como pessoais, bancárias, económicas e técnicas. O pessoal é quando é emitido por uma pessoa física ou jurídica que se encarrega de efetuar o pagamento caso o devedor não o faça, é uma espécie de garantia.

Depois temos o banco, quando ao invés de uma pessoa, é o mesmo banco ou instituição financeira que se compromete a cancelar a dívida pendente pelo devedor. Depois, há a garantia econômica, esta é emitida por uma empresa financeira que é responsável por responder a um pagamento diferido, pode ser um aluguel, hipoteca ou compra de um bem.

Finalmente, temos o endosso técnico que vem com a resposta não de forma monetária, mas em atos. Ou seja, que será cumprido um trabalho, contrato, concurso, fornecimento, etc. Em alguns casos, utilizam esta garantia em conjunto com uma pré-garantia que garante total segurança

Sabendo como funciona uma garantia, sabemos os casos em que é utilizada e a importância na sua utilização ou quando nos é imposta.

Você pode estar interessado nestes outros artigos:

Não deixe de assistir ao próximo vídeo!

Deixe um comentário