O Que é e Como Funciona um Condomínio?

Bom dia/tarde/noite! Espero que estejam prontos para ler o meu novo artigo. O artigo de hoje centra-se em dar uma vista de olhos mais atenta… O Que é e Como Funciona um Condomínio?

Existem muitas formas de organização social com diferentes finalidades e critérios muito variados. A gestão do habitat diário requer procedimentos administrativos para que a gestão seja eficiente. Acompanhe-nos neste passeio de como funciona um condomínio.

O que é um condomínio?

No direito civil, consiste em uma forma de propriedade em que dois ou mais proprietários compartilham o poder sobre uma propriedade. Um condomínio é uma forma de organização comunitária para a administração de tudo relacionado a um habitat urbano. Está relacionado com o conceito de regime de propriedade horizontal.

Como funciona um condomínio?

Ao residir em prédios, conjuntos residenciais, urbanismos, a propriedade é compartilhada. Um condomínio é baseado em uma participação mais ou menos igualitária em uma posse. Na maioria dos casos, cada condômino é responsável por sua unidade, seja ela chamada apartamento, apartamento, sobrado, ou qualquer outra, mas também pelos espaços comuns, como corredores, escadas, jardineiras, parques, etc.

para encontrar ofertas

Quando muitas pessoas têm o direito de decidir, é difícil chegar a um acordo sobre as medidas que devem ser tomadas para que os resultados sejam os esperados. Em alguns casos, os condôminos recorrem à terceirização, ou seja, um administrador externo encarregado de tomar as decisões pertinentes para administrar os recursos.

O Que é e Como Funciona um Condomínio?

Nos últimos tempos, tornou-se cada vez mais comum eleição de conselho de condomínio. Os métodos de eleição são simples, algumas diretorias são organizadas em que cada candidato a um cargo pertence a uma chave. A maioria simples decide quem vai reger a diretoria do condomínio por tempo previamente estipulado.

Pode estar interessado em:  O Que é e Como O Álcool Isopropílico Funciona Na Limpeza?

Refira-se que em muitos casos o administrador enquanto tal não desempenha outra função senão a de receber ou cobrar as taxas, pelo que a maioria das responsabilidades acaba recaindo sobre a diretoria do condomínio, embora isso não deva ser considerado totalmente legal.

Funções de um conselho de condomínio

  1. Assegurar o cumprimento dos padrões comunitários pré-acordados, que incluem o marco legal e as regras de convivência.
  2. Preservar o enquadramento legal dos imóveis, evitando ocupações indevidas, apropriações de espaços comuns, etc.
  3. Representar legalmente os condôminos, ativa e passivamente, em caso de julgamento.
  4. Cobrar taxas de manutenção de espaços comuns.
  5. Verificar o bom funcionamento dos serviços e a pontualidade dos pagamentos dos mesmos.
  6. Proporcionar um ambiente harmonioso.
  7. Relatar com pontualidade e veracidade tudo o que se relacione com o imóvel: contratação, obras de reparação e/ou instalação de serviços, danos internos e envolventes.
  8. Prestar contas dos recursos: periodicamente, deve ser apresentado relatório e prestação de contas, especificando as atividades realizadas e os valores investidos.
  9. Medir a percepção dos condôminos sobre a gestão, pois se as funções não forem cumpridas integralmente, os condôminos podem pedir demissão e convocar nova eleição com antecedência.

Dado curioso

Existe uma ilha entre a Espanha e a França, chamada Los Faisanes, cuja jurisdição é temporariamente compartilhada. A cada seis meses, um deles assume a administração do pequeno ilhéu. É um condomínio internacional.

Finalmente, sabe-se como é difícil viver em comunidade, sobretudo de forma harmoniosa e pacífica. Um condomínio implica que você deve ter a maior disposição para ser o melhor possível em um imóvel compartilhado.

Esperamos que esta resenha tenha esclarecido como funciona um condomínio. Também estendemos o convite para continuar lendo:

Não perca o próximo conteúdo em vídeo!

Deixe um comentário